De vez em quando dá vontade de comer uma coisinha diferente do que já é diferente né?! Aí, lembrei de um dos episódios do Cozinha Prática, da Rita Lobo, em que ela mostrava vários usos para o espinafre, entre eles, o souflê.
Mas, claro, eu não tinha tudo em mãos, e tinha pressa. Fiz então uma versão rápida e adaptada às restrições.

Vamos fazer?

Ingredientes:
– 1 maço de espinafre
– 1 copo de leite de inhame (é o que eu acho mais neutro)
– 5 colheres de sopa de farinha de arroz integral
– 1 colher de sopa de fécula de batata
– 3 ovos (clara e gema)
– Tempero a gosto (usei sal marinho temperado com ervas finas e pimenta do reino)

É só bater tudo no liquidificador e assar em forno pré aquecido a 180º por cerca de 30 minutos. Tá pronto!

*O certo é usar um ramequim, mas os duendes levaram os meus não sei pra onde, então improvisei com essas forminhas de porcelana (que aliás, comprei no Paraguai por R$ 6)

Quando eu repetir essa receita, quero fazer algumas alterações que acredito, deixarão ele ainda mais gostoso:
– Colocar só metade do espinafre no liquidificador e a outra metade, picar e depois misturar à massa
– Adicionar chia

Ficou bem gostoso e bem macio, mas senti falta de alguma coisa dentro. Então, já deixo a dica!