Quando sei que não vou conseguir ir para a academia, pedalar, correr ou fazer qualquer exercício fora de casa, apelo para a corda. Mas tem efeito? Pular corda emagrece? O que acontece quando pulamos corda?

De brincadeira de criança a amiga do corpo, pular corda é um exercício fácil (e fácil de aprender pra quem não sabe) e traz vários benefícios para a saúde e para corpo: afina a silhueta, trabalha equilíbrio, ritmo, suaviza celulites, tonifica pernas e bumbum. Quer mais? Tem!

1 – Aumenta a resistência cardiovascular
2 – Desenvolve coordenação motora
3- Melhora a força nas pernas e pés
4 – 30 minutos queima em média 350 calorias
5 – 1 hora em média 750 calorias

Potencializando o exercício

pular corda emagrece

– Mudar o ritmo do exercício a cada 30 segundos é uma boa forma de potencializar a queima de calorias: faça 30 segundos em ritmo leve, depois 30 segundos em ritmo moderado e em seguida, mais 30 segundos em ritmo forte. Descanse e repita o ciclo até completar 10 minutos para iniciantes, 20 para intermediários e 30 para avançados.
– Pular com uma perna só, intercalando as pernas também é ótimo

No site da Corpo a Corpo tem uma matéria que diz que pular corda por eliminar até 4 quilos em 15 dias. (Veja aqui). Mas é importante lembrar que não existe exercício milagroso e se a intenção é emagrecer, é preciso combinar com uma dieta equilibrada e acompanhamento de nutricionista. Não adianta nada pular corda por uma hora e se empanturrar, né?!

Dicas:

1- Mantenha sempre o corpo ereto
2- Quando aterrissar, a ponta dos pés deve ser a primeira parte a tocar o chão
3- Use um bom tênis para absorver o impacto dos pulos e evitar possíveis problemas nas articulações

Importante:

Na hora de comprar sua corda, fique atento à sua altura para saber o tamanho da corda.

– Até 1,50m de altura: Corda de 2,45m
– De 1,50m a 1,80m: Corda de 2,65m
– Acima de 1,80m: Corda  de 2,85m

Restrições:

– Pessoas muito acima do peso devem evitar esse exercício. Ao pular corda, o impacto sobre os joelhos é de 3 a 5 vezes maior, o que pode causar alguma lesão na articulação

– Hipertensos não devem praticar este exercício