Quem acompanha o Panelinha Saudável nas redes sociais (Fan Page e Instagram) já viu que a cozinha está em testes. Estamos testando receitas de pães que, além de não terem leite e glúten na receita, ainda agreguem valor nutricional.
Pois bem, essa semana, depois de alguns estudos, testamos e aprovamos duas receitas que levam o psyllium. Super aprovadas, e agora vim contar pra vocês o poder dessa fibra.

Bom, como eu disse ali, ele é uma fibra e por isso, pode auxiliar em dietas e no funcionamento do sistema digestivo. Mas, como ele segura muita água, durante o tempo de consumo, o ideal é que você consuma mais água que o seu costume. Mas o mais ideal do mundo mesmo, é que você use ele como suplemento de fibra somente com orientação do seu nutricionista, porque o uso incorreto pode dificultar a absorção de nutrientes e até medicamentos.

Como toda fibra, ele gera a sensação de saciedade, é um laxativo natural, antidiarreico (aumenta a consistência das fezes durante a diarreia), ajuda a diminuir o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom.

Psyllium em receitas

Fora isso, o que fez do psyllium ser o queridinho das nossas novas receitas é que ele ajudar a dar maciez e elasticidade às massas sem glúten.
Porque, quem cozinha sem trigo sabe muito bem que de vez em quando a gente cria novas espécies de pedras na cozinha, né?! Sai cada trem duro do meu forno, que só vendo pra crer. 😛

E aí, vamos agregar mais um ingrediente às nossas receitas?

*Fiquem sempre atentos ao risco de contaminação. No dia que fui comprar minha porção, a moça que me atendeu perguntou se eu era celíaca, eu disse que não, mas perguntei o porque. Ela me disse que, caso eu fosse, ela teria que trocar de copinho medidor. Então, pedi para que ela trocasse, visto que não sou celíaca mas, sou hipersensível e cuido ao máximo para que nada na minha cozinha seja contaminado. Ela trocou, mas se não tivesse perguntado, eu nem teria me ligado que isso pode acontecer.