Pitanga me lembra tanto infância que a frutinha chega a ter sabor especial pra mim. Aqui em casa tem dois pés (quer dizer, um é do vizinho, mas ele não come, então, eu como por ele). Ontem fiz a colheita.
O meu pé ainda é pequeno, o do vizinho é maior, e aí que eu lembrei mais ainda dos tempos de criança, rsrs – é que tive que subir no muro pra conseguir pegar as frutas – as de baixo eu já tinha comido.

Enfim, no meio da colheita pensei em fazer uma geleia funcional, mas não rendeu muito, meu gosto por pitanga foi mais rápido do que a ideia da receita e quando vi, já tinha comido muitas delas. Ainda assim, ficou delicinha e vim compartilhar.

Ingredientes:
– 200g de pitanga com caroço
– 50 Açúcar demerara
– 1 colher de chá de chia
– 1 colher café de suco de limão

Modo de fazer:
Primeiro, ferva as pitangas em panela com água suficiente para cobrir as frutas – isso ajuda no processo de retirada do caroço. Não deixe muito tempo, só o suficiente pra amolecer a fruta.
Passe as pitangas numa peneira para retira o caroço. Eu gosto de manter todo o restante – casca, fibras mais grossas.
Coloque essa polpa na panela o açúcar, suco do limão e a chia e deixe ferver até engrossar. Tá pronta e tá maravideusa!

Benefícios da Pitanga:

E não é só gostosa, essa pequena frutinha tenha uma série de benefícios (fruta e folha!) e nutrientes/vitaminas, entre eles: potássio, cálcio, vitaminas A, B e C, ferro, fósforo, tem propriedades antifúngicas, antivirais, analgésica, podem contribuir no tratamento de diabetes e mais. Ah! O chá da folha pode ajudar em problemas gastrointestinais! 😉

Inclusive, quem tiver de pé de pitanga em casa pode me convidar pra uma visita porque eu já acabei com as frutas aqui de casa. 😉