A banana tem reinado absoluta por aqui nos últimos dias. Tem bolo para encomenda, tem biomassa de banana verde, tem brigadeiro de biomassa e agora tem tortinha de banana com massa podre doce sem glúten e sem lactose. Ahããm!
Delícia e fácil de fazer e a massa pode ser usada pra outras tortinhas.

Ahhh, aproveitar para usar e testar o creme de arroz que comprei em São Paulo e ainda não tinha usado em nada. (E foi assim que percebi que “creme de leite” tá fazendo falta nenhuma por aqui.
E pra ser bem sincera… não achei a sétima maravilha do mundo funcional não. Tem uma textura engraçada, diferente e não pega o ponto que eu queria. Tem um gosto diferente – claro, mas não é tão marcante e não chega a influenciar no gosto final das preparações.
Agora, vamos à receita:

Massa podre doce sem glúten:

30 g de farinha de arroz
30 g de farinha de coco
25 g de farinha de linhaça
35 de açúcar demerara
1 ovo
40 g de margarina sem lactose ou ghee

Misture todos os ingredientes com as mãos até que esteja tudo incorporado. Se a massa ficar muito liguenta, pode adicionar um pouco mais de farinha de arroz. Mas, ela não fica soltando totalmente das mãos, então, cuide para não exagerar na dose se não, a massa fica seca.
Deixe na geladeira por cerca de meia hora.
Coloque em forminhas ou em uma forma grande o suficiente – eu fiz em 4 formas de quiche e duas mini tortinhas, como vocês vêem na foto.
Asse em forno pré aquecido a 180º por meia hora.

Recheio:
– 2 bananas nanicas maduras, amassadinhas com garfo
– Suco de meio limão
– 2 colheres de chá de açúcar demerara (ou mais, se quiser)

Tire as tortinhas do forno coloque o recheio por cima.

Opcional:
Tentei fazer um chantily vegetal usando o creme de arroz, mas não deu nada certo. Ele não pega a consistência que precisamos, mas ficou gostoso e eu usei assim mesmo pra vocês possam ver a textura.
Usei meia caixinha, 2 colheres de açúcar demerara e bati na batedeira. Só!

Sugestão:
Aqui cairia muito bem colocar por cima um marshmallow. Pode ser em cima direto do purê de banana, ou do creme de arroz.

Pronto! Tá gostoso! Tá cheio e nutrientes!
E agora que já temos uma receita de massa podre doce, cêis podem liberar a imaginação e fazer uma porção de tortinhas de recheios diferentes. 😉