A primeira vez que vi esse purê me apaixonei. Olha que lindeza que fica no prato!

E não só bonito, ele é gostoso também. E leve, e funcional. A primeira receita que vi era com batata, que aliás, serve de base para várias outras misturas, esse é com beterraba.

Batata ou inhame?

Inhame: É rico em carboidratos complexos. Eles são bons para a saúde (e para as receitas fit) porque não se transformam rapidamente em açúcar ou em gordura. Além disso, ele tem baixa concentração de gordura e alta concentração de fibras.

Batata: A batata não é uma vilã e tem sim os seus benefícios. Entre eles: Ajuda a reduzir a pressão arterial, previne prisão de ventre, tem alta concentração de vitamina B6 – necessária para  quebra do glicogênio (forma como o açúcar é armazenado nas nossas células de músculo e no fígado), que tem um papel fundamental no desempenho atlético e resistência.

Logo mais teremos um post mais completo sobre esses dois alimentos.

E olha só como a receita é fácil!

Ingredientes:

  • 3 inhames médios ou batatas
  • 1 beterraba
  • 1 colher de sopa de creme vegetal (uso becel da tampinha azul que não tem lactose)
  • Tempero a gosto

Modo de fazer:

Cozinhe os inhames e a beterraba. Amasse os inhames, bata a beterraba no liquidificador até desmanchar todos os pedacinhos. Misture ao inhame já amassado. Acrescente o creme vegetal e os temperos e está pronto. (Eu quis aproveitar os pedaços maiores de beterraba que ficaram no liqui e coloquei junto no purê, mas se vocês não quiserem ou for servir para os amigos, não utilizem os pedaços que fica mais bonito, mas reaproveitem para a salada, tá? Nada de jogar comida fora!)

Com a batata segue o mesmo processo. Se você quiser, pode acrescentar leite. Eu não usei e ficou bem gostoso.

Fácil né?