Parece estranho, eu sei gente! Mas é delicioso.

Eu vi esse “queijo” vegetal numa postagem da fofa da Amábile Kolenda, do Tô Funcinal, aproveitei que ia usar abobrinha para fazer o falso spaguetti e já fiz o queijo pra matar a curiosidade. Porque né, o mínimo que a gente fica logo que vê esse nome é curioso.

É facin facin de fazer e fica uma delicinha. E como a Amábile falou e fui comprovar: ele derrete na frigideira – só não esperem que estique igual o queijo de leite, tá?

Quer fazer também? Saca só:

Ingredientes:
1 abobrinha grande
1 colher de óleo de coco, ou girassol ou manteiga ghee (se usar a ghee, deixa de ser vegana)
1 colher de sopa de suco de limão
1 colher de chá de agar agar
1 pitada de noz moscada
1 colher de chá de sal (ou mais, ou menos se preferir)
Temperos a gosto

Modo de fazer:
Descasque a abobrinha, corte em cubos e leve para cozinhe. Depois de cozida, escorra e bata no liquidificador com o óleo, o sal e a noz moscada. Bata até ficar homogêneo.
Passe para uma panela, adicione o agar agar e deixe ferver por 3 minutos. Desligue, adicione o limão misture e coloque em um pote e leve a geladeira!
Eu deixei da noite para o dia, mas o agar agar gelatiniza rapidinho. É só esperar endurecer e já pode servir.

Notinha: Eu derreti na frigideira e coloquei por cima de um bife. MeeeuDeus, queria que não acabasse nunca mais!
*Caso não encontre agar agar na sua cidade, clique aqui.